Residéncia Resíduo Zero Goiânia

APRENDA A TRATAR SEUS RESÍDUOS EM CASA

CERTIFICADOS

RESIDÊNCIA RESÍDUO ZERO

Residência Resíduo Zero é um projeto que visa estimular as práticas resíduo zero em uma residência. Essas práticas envolvem a coleta seletiva, a logística reversa, a compostagem e a destinação de rejeitos que serão aplicadas em uma experiência piloto em 100 casas na cidade de Goiânia.

PARTICIPAÇÃO EM REDES LOCAIS DE PRÁTICAS
‘RESÍDUO ZERO’

Procure conhecer pessoas que já praticam hábitos resíduo zero, que já são exemplo e que já possuem experiências.

Interaja e faça contato com instituições e/ou profissionais da área para troca de experiências e informações.

Participe de cursos presenciais e online sobre compostagem, reciclagem, coleta seletiva, reuso e reaproveitamentos.

Participe de oficinas de reaproveitamento, artesanato e reciclagem.

Compartilhe suas experiências com sua família, vizinhos e amigos.

Publique fotos, vídeos e textos de suas práticas domesticas nas suas redes sociais: facebook, instagran, whatsApp.

Faça sua própria horta ou participe de hortas comunitárias para destinação do seu adubo.

ETAPAS E EVENTOS DO PROJETO

Etapas do Projeto EVENTO DE LANÇAMENTO DO PROJETO
01/03/16
INSCRIÇÃO
01/03/16 a 13/03/2016
SELEÇÃO 1º WORKSHOP PRÉ CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS
23/03/16 a 24/03/16
VISITAS E ACOMPANHAMENTO NAS RESIDÊNCIAS
11/04/16 a 06/05/16
2º WORKSHOP
21/05/16
PÓS CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS
22/05/16 a 23/05/16
ENCERRAMENTO E I SEMINÁRIO RESÍDUO ZERO "RESIDÊNCIAS"
16/06/16

RESULTADOS

Folder Experiências Projeto Piloto

O projeto é uma iniciativa inovadora de estímulo às práticas 'resíduo zero', por meio do consumo consciente; da segregação dos resíduos em 3 categorias: recicláveis, orgânicos e rejeitos; e destinação final ambientalmente adequada; coleta seletiva de recicláveis, logística reversa de resíduos, compostagem de orgânicos e disposíção final somente de regeitos à aterros sanitários.

Download

PREMIAÇÕES RECEBIDAS

O Projeto Residência Resíduo Zero, surgiu a partir do descontentamento com o descaso geral com relação aos resíduos sólidos. Os resíduos tem provocado doenças, enchentes, contribuído para o aquecimento global e mudanças climáticas e contaminação dos corpos d’água. As mudanças devem surgir por parte dos governos, empresas e sociedade em geral. No entanto, o projeto acredita que primeiramente a mudança começa em nossa casa. É preciso dar exemplo, pra depois cobrar mudanças dos outros.

O idealizador do Projeto, o Eng. Diógenes Aires de Melo, inspirou-se em iniciativas nacionais, como o Projeto Composta São Paulo, executado pela ONG Morada da Floresta juntamente com a Prefeitura Municipal de São Paulo, e principalmente nas suas experiências vivenciadas no intercâmbio profissional Hubert H. Humphrey Professional Exchange Program em 2013 e 2014, onde estagiou na CalRecycle (Departamento de Recursos, Reciclagem e Recuperação da Agência de Proteção Ambiental da Califórnia – EUA) e na ONG Californians Against Waste (Californianos contra Resíduos). Ao retornar ao Brasil, reuniu profissionais, especialistas, estudantes, governos, instituições e cidadãos preocupados com a questão caótica dos resíduos, e decidiram promover o movimento resíduo zero no Brasil, começando pela Região Centro-Oeste, com a missão de combater o desperdício e a geração desenfreado dos resíduos, e promover o máximo reaproveitamento, recuperação, reciclagem, compostagem e outras formas ambiental adequadas de destinação final.

O grupo tem se reunido desde janeiro de 2015, denominados Sociedade Resíduo Zero, devido ao anseio por uma sociedade que não gere resíduos, que reduza e recupere ao máximo os recursos, e envie o mínimo possível a Aterros.

O projeto foi premiado dentre mais de 800 projetos mundiais, pelo Departamento de Estado dos EUA, por meio do Alumni Engagement Inovation Fund (AEIF) em 2015, na categoria Meio Ambiente e Mudanças Climáticas, e recebeu uma verba financeira de U$ 22.480, e apoio da ONG Total Educação e Cultura.

Compõem a equipe do Projeto os ex-intercambistas (Alumni): Priscylla Figueiredo (International Visitor Leadership Program-IVLP), Camila Storti (International Visitor Leadership Program-IVLP), Hamilton Fidelis (International Visitor Leadership Program-IVLP), Teresa Cristina Santa Cruz (Fulbright Student Program), Alexandre Schrammel (English Immersion Program-EIP). Participam ainda, os coordenadores e membros da Sociedade Resíduo Zero, cerca de 40 voluntários e cerca de 40 instituições parceiras.

REALIZAÇÃO

  • APOIO

  • APOIO CULTURAL

    

    INSTAGRAM

    YOUTUBE

    CONTATO

    • faleconosco@residenciaresiduozero.com.br

    Formulário de Contato

    Todos os direitos reservados à Residência Resíduo Zero.

    Digital Midia Web